É o Tchan consagra Carnaval de Cabedelo e reúne multidão na Praça Getúlio Vargas nessa terça-feira

Quem nunca dançou ao som do É o Tchan, com toda certeza não viveu plenamente os anos 90. A banda, que dominou o cenário musical durante muito tempo, ainda hoje é sinônimo de sucesso e alegria. E como alegria foi o forte do Carnaval de Cabedelo, o encerramento oficial da folia não poderia ter sido ao som de outra banda, que não É o Tchan!

Nessa terça-feira (25), Beto Jamaica e Compadre Washington reuniram um público recorde de mais de 20 mil pessoas na Praça Getúlio Vargas e mostraram por que estão entre os cantores mais queridos no Brasil. Com muita irreverência, simpatia e alegria, eles não deixaram ninguém parado ao som de seus grandes e inesquecíveis sucessos.

A festa começou com a cantora Mira Maya, que subiu ao trio estacionado na Praça Getúlio Vargas para manter todos no clima de folia após a passagem dos blocos FluFolia e Dudão Som Folia e da batucada Drink Folia. Na madrugada da quarta-feira de cinzas, É o Tchan mostrou a que veio, com um show empolgante, dançante e muito animado do princípio ao fim.

“Foi lindo demais. Valeu a experiência de vir pela primeira vez aqui, pois estávamos com muita expectativa de cantar pra esse povo hospitaleiro. Deu pra sentir a energia boa do público até o fim do show e isso pra gente não tem preço. Estou renovado! Cidade maravilhosa que esperamos voltar outras vezes pra fazer festa”, afirmou Beto Jamaica depois do show.

O vocalista Compadre Washington, muito assediado pelos fãs, também deu seu recado. “Graças a Deus o povo tava aqui esperando a gente! O público fazendo todas as coreografias, cantando todas as músicas e isso tudo é maravilhoso. Fechamos a turnê carnavalesca com chave de ouro aqui em Cabedelo… Pena que o show não pode durar mais, senão a gente iria curtir É o Tchan até de manhã”.

No setlist do show, não poderia deixar de ter grandes sucesso, como “Segure o Tchan”, “Dança do Cordinha”, “Quebradeira”, “Bambolê”… e tantos outros hits que todo mundo sabia de cor a letra e, claro, a coreografia. O público acompanhou de perto e seguiu todos os passos dos dançarinos da banda. Pessoas que vieram de todos os lugares e lotaram a Praça Getúlio Vargas e as ruas em seu entorno.

“Foi muito bom vir curtir o carnaval aqui em Cabedelo. Esse foi o primeiro de muitos que virão, se Deus quiser. O povo é tranquilo e a cidade é perfeita para o carnaval com esse clima praieiro” , afirmou Angelline Santos da cidade de Mossoró-RN.

“Eu acho que Cabedelo entra de vez no cenário nacional de eventos, se consagrando como a melhor festividade da Paraíba no período carnavalesco, assim como já foi no último São João”, frisou Eduardo Albuquerque, estudante pessoense.

Para quem foi curtir a folia e também ganhar uma grana extra, deu para fazer os dois com muito sucesso. Rubens Silva vende crepes há alguns anos nos eventos da cidade e destacou que a logística que foi montada para os vendedores favoreceu as vendas. “Foi ótimo. Nos preparamos e conseguimos vender bastante, principalmente nessa última noite. Quem teve a oportunidade de vender nos polos onde ocorreram as festividades, com certeza obteve sucesso.

Organização e segurança também foram destaques durante não apenas o show do É o Tchan, como de todo o carnaval de Cabedelo. Equipes da Segurança, da Mobilidade Urbana, da Defesa Civil e da Saúde preparam uma ação integrada para garantir a tranquilidade de todos os foliões.

“Foi realizado um trabalho conjunto com os outros órgãos de segurança mas posso assegurar que Cabedelo se destacou com o nível de violência zero em todos os dias de festa. Para essa última noite, nos preparamos bastante, e veio esse público recorde, mas os foliões vieram pra brincar na paz e isso também colaborou com o sucesso do evento”, ressaltou o secretário de Segurança de Cabedelo, Isaías Vieira.

Compartilhar