Escolas de Cabedelo são destaques em competição nacional de desafios matemáticos

Maratona Cactus premiou equipes formadas por alunos do fundamental I e II de duas escolas da rede municipal

As escolas municipais Vereador Pedro Américo e  Maria Pessoa Cavalcanti foram destaque na Maratona Cactus de desafios matemáticos, obtendo as primeiras colocações na competição nacional.

A Escola Maria Pessoa conseguiu conquistar duas medalhas, sendo o inédito ouro no nível 1 e a prata, no nível 2, enquanto a  Pedro Américo ganhou medalha de prata no nível 1.

O ato de premiação aconteceu nesta quinta-feira feira (20), no auditório da Secretaria de Educação (Seduc), em cerimônia bastante prestigiada por gestores, supervisores, coordenador de área de matemática, professores da área, pais e alunos das equipes vencedoras, assim como, as coordenações da Seduc e autoridades.

A Maratona Cactus consiste em desafios matemáticos interdisciplinares que objetivam estimular o aprendizado dos estudantes do ensino fundamental anos finais (6º ao 9º anos). A iniciativa é disputada por grupos de alunos que buscam solucionar os desafios em uma competição em nível nacional. Esta foi a primeira vez que a Paraíba participou da competição nacionalmente.

“Todas as sementinhas que plantamos são para que, em breve, consigamos dar um salto nos índices do IDEB. Temos um olhar muito cuidadoso para com a educação, pois a formação é o que faz com que cada cidadão consiga se posicionar na vida, principalmente a partir do campo profissional. Essa realização e a premiação em si resultam do esforço de gestores e equipe de professores, que dão o incentivo, e se completam com o empenho e a dedicação dos alunos.  Todo processo é que dá orgulho para a educação do município. Parabéns a todos! Temos certeza que a atenção que hoje damos à educação resultará em um novo olhar para a cidade, que vai ser reconhecida pelos melhores alunos e os melhores profissionais daqui oriundos”, declarou o prefeito Vitor Hugo Castelliano.

No ano de 2022 participaram da disputa 15 estados, mais de 560 escolas e mais de 115 mil estudantes. Estas escolas competem com equipes de 5 alunos, em dois níveis: nível 1 (6º e 7º anos) e nível 2 (8º e 9º anos). Deste universo, apenas 5 escolas recebem medalhas de prata e 3 escolas recebem medalhas de ouro, por nível.

“Parabenizamos, hoje, tanto os ganhadores como todos os alunos que participaram da competição. Subir ao pódio diante de tantos competidores em nível nacional é um orgulho para a educação da nossa cidade e para os cabedelenses em geral. Com essa conquista, passamos a constituir até uma referência para os demais municípios, no sentido da luta, da conquista, mas também da preparação e do incentivo aos nossos alunos para participarem de competições, mostrando sobretudo que é possível crescer, fazer história e ganhar premiações. A dedicação e o esforço, aliado ao suporte fornecido pelos professores, são os que trazem esses resultados tão auspiciosos”, comentou a secretária da educação, Márcia Moreira.

O incentivo ao estudo da matemática e à preparação para participação em competições nacionais, teve início em abril, quando do lançamento do Programa Cactus no município. O projeto, que é voltado aos anos finais das escolas da rede, envolve 10 unidades de ensino no município.

“Resultados como esses são o reflexo do investimento do município na Educação, neste caso, no componente curricular Matemática, tão cobrado nas Avaliações Externas. Em Cabedelo, através do Projeto Cactus, desenvolvemos o protagonismo dos estudantes das 10 escolas dos Anos Finais da rede e aprofundamos seus estudos em encontros quinzenais aos sábados, com material selecionado para subsidiar os estudantes em competições nacionais, a exemplo da OBMEP, Prova Brasil, OBA, CANGURU, Maratona Tech, Maratona Cactus, Olimpíada Cactus e simulado”, comentou a coordenadora do Ensino Fundamental/ Anos Finais, Layanna Almeida.

Compartilhar