Estagiários da saúde devem comprovar atuação na cidade para receber a imunização contra a Covid-19 em Cabedelo

Vacina será aplicada no local onde o estudante desenvolve o estágio

A Secretaria de Saúde de Cabedelo (Sescab) explica que a imunização para os estagiários da área de Saúde está sendo realizado apenas para estudantes que atuam na cidade.

Para tanto, é necessário apresentar Documento de identidade e Declaração da Universidade ou Escola Técnica que está cursando, indicando qual serviço de Saúde de Cabedelo o aluno está estagiando.

De 17 a 22 de maio, as vacinas estarão disponíveis apenas no Cabedelo Clube, no centro da cidade, das 8h às 14h.

Além desse grupo, Cabedelo segue imunizando pessoas a partir dos 18 anos com deficiência permanente e sem o Benefício de Prestação Continuada (BPC); pessoas com 18 anos ou mais que possuam alguma das comorbidades que agravem a doença; Pessoas com deficiência cadastradas no BPC e que estejam na faixa etária dos 18+; Gestantes e Puérperas com comorbidades; pessoas a partir dos 60 anos; pessoas com síndrome de Down e profissionais da saúde.

As gestantes e puérperas com comorbidades serão imunizadas com a vacina da Pfizer. Para tanto, é necessário, além dos documentos de identificação e carteira do SUS, um laudo médico comprovando a doença.

Comorbidades – As comorbidades que podem agravar a Covid-19, segundo Nota Técnica da Secretaria Estadual de Saúde (de 29 de abril de 2021), são: Diabetes mellitus; Pneumopatias crônicas graves; Hipertensão Arterial resistente; Insuficiência cardíaca; Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar; Cardiopatia hipertensiva; Síndromes coronarianas e Síndromes coronarianas crônicas; Valvopatias, Miocardiopatias e Pericardiopatias; Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas; Arritmias cardíacas; Cardiopatias congênita no adulto; Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados; Doença cerebrovascular; Doença renal crônica,; Imunossuprimidos, Hemoglobinopatias graves; Obesidade mórbida; e Cirrose hepática.

Documentação – Para ter acesso à imunização, é necessário levar Identidade com Foto, CPF e Cartão do SUS. Para os portadores de comorbidades, ainda é preciso levar original e cópia de laudo médico e receita atualizados que comprovem a doença; e para os deficientes físicos, comprovação de inscrição do BPC.

Para os profissionais da saúde, além dos documentos de identidade, é necessário apresentar a carteira do Conselho e comprovação de que atua em algum serviço de saúde.

 

Compartilhar