Gestores e funcionários da Saúde participam de projeto de bem-estar para melhor atender ao público

A Secretaria de Saúde de Cabedelo (Sescab) deu inicio, nesta segunda (09), às atividades do projeto “Cuidando de quem Cuida”. A ação inicial aconteceu na própria Secretaria e foi voltado para gestores e profissionais da pasta.

O projeto, que tem à frente o setor de Recursos Humanos da Sescab, visa promover a saúde dos profissionais que atuam na área, através da realização de sessões de terapias integrativas e complementares, buscando, dessa forma, o melhor atendimento ao público.

“As exigências são grandes, e contamos com um pessoal comprometido, então, de forma bem responsável, estamos montando esse momento de relaxamento para todos os profissionais em saúde de Cabedelo”, declarou o secretário da saúde, Wagner Murilo Suassuna.

Suassuna explicou que a pretensão é disponibilizar, além da quiropraxia, terapias já disponíveis no município, como acupuntura, homeopatia e yoga. O plano é, futuramente, uma vez por mês, promover sessões itinerantes e atender os profissionais em seus locais de trabalho.

“A ação faz parte do processo de gestão de pessoas, e gerir pessoas não é só prover melhoria salarial, investir na estrutura física, proporcionar um ambiente favorável ao desempenho das atividades. É também promover o conforto, por isso estamos provendo esses momentos de relaxamento, uma vez no mês, para podermos reenergizar toda a equipe e deixar todo mundo pronto para a execução de suas funções”, completou.

Jonas Guimarães, fisioterapeuta e especialista em quiropraxia, explicou que a técnica, aliada a outros métodos, serve para o alinhamento da coluna e na redução das tensões musculares e viscerais. Ele comentou a iniciativa da Sescab.

“Temos que nos cuidar primeiramente para entender o que vem a ser saúde e podermos passar para os nossos pacientes. Muitas vezes, nos profissionais, não sabemos o que é saúde em nosso corpo. Tem muita gente que esta cuidando, mas está tendo dores de coluna, por exemplo. Nos ambientes destinados à saúde, verificamos muitas pessoas com problemas na cervical, problemas viscerais, constipação, e podemos resolver não apenas com medicação, mas com técnicas que vão melhorar e devolver a saúde a esse paciente”, comentou.

Secom Cabedelo

Compartilhar