Encontre o que você precisa aqui:

Autor: Secom

II Copa Missinho de Futebol Amador é aberta em Cabedelo

Catorze equipes e mais de trezentos atletas participam da competição A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria de Esportes, Juventude e Lazer (Sejel), deu início, no sábado (6), à 2ª edição da Copa Missinho de Futebol Amador, no Estádio Francisco Figueiredo de Lima. A iniciativa homenageia um dos principais ex-jogadores da história […]

07/11/2021 8h22 Atualizado há 1 ano atrás

Catorze equipes e mais de trezentos atletas participam da competição

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria de Esportes, Juventude e Lazer (Sejel), deu início, no sábado (6), à 2ª edição da Copa Missinho de Futebol Amador, no Estádio Francisco Figueiredo de Lima.

A iniciativa homenageia um dos principais ex-jogadores da história do futebol cabedelense, Edmilson do Nascimento Trigueiro (In Memorian) – mais conhecido como Missinho. A Copa, promovida pela última vez em 2018, mobiliza equipes de futebol amador com jogadores de todos os bairros da cidade e se estabelece no calendário futebolístico local.

O pontapé inicial foi dado com duas partidas: Flamengo de Poço 0 x 4 Flamengo de Camalaú; e Monte Castelo 0 x 3 Vila Sport Clube. Até o dia 12 de fevereiro, o público que gosta de futebol poderá acompanhar todas as 25 rodadas de uma competição que envolverá 14 equipe, com jogos todos os sábados. A arbitragem foi contratada pela Sejel junto à Liga Cabedelense de Desportos e a Associação de Árbitros Independentes (Arbin).

O secretário de Esporte de Cabedelo, Maurício Santos, ex-parceiro de Missinho nos campos, falou sobre a iniciativa e ressaltou a importância da copa e do jogador para o esporte local

“A Sejel vem tentando fomentar a prática de vários esportes em Cabedelo. Isso porque os jovens necessitam de uma ocupação a mais no dia a dia, fazendo com que muitos se livrem de tantos males que assolam nossas famílias, além de incentivá-los no caminho da profissionalização esportiva. Neste sentido, qualquer modalidade esportiva é importante, e o futebol é um grande vetor. Além disso, essa atual gestão municipal está sempre de portas abertas para homenagear os seus grandes ídolos, e com Missinho não foi diferente. Ele foi um grande ícone para o esporte local e eu tive o privilégio de compartilhar com ele dentro e fora de campo grandes emoções e jornadas. Me emociono em lembrar dele, pois foi embora cedo quando ainda tinha tanta coisa pra passar pra essa juventude. A Copa Missinho vem fazer memória para que os mais jovens que não o conheceram ou o viram jogar possam sentir um pouco dessa experiência”.

Maurício, que também já passou por grandes equipes do futebol nacional como jogador e técnico, lembrou de outros nomes do futebol cabedelense: “Espero que os jovens consigam mostrar o seu talento, pois o público vai acompanhar e os olheiros também. Ficamos sempre na expectativa que algum deles possa alçar voo e despontar para grandes equipes. Vários jogadores já saíram desses campeonatos amadores, eu sou um deles, assim como Missinho, e outros grandes nomes como Ramos, Lico, Clóvis, Santos, etc.”

A família de Missinho, lisonjeada pela homenagem da Prefeitura de Cabedelo, esteve representada na abertura da 2ª edição da Copa, por Edir Trigueiro, ex jogador e pai dos saudosos Missinho e Val, e que também passou por equipes como Nacional de Cabedelo, 5 de Agosto e Santa Cruz de Santa Rita.

“Essa gestão tem carinho com o nome de Missinho e está eternizando seu nome. Ficamos felizes e achamos isso muito bom! Ele era um craque de bola e a sua história é muito importante para o nosso futebol. Somos gratos por tudo isso, até mesmo porque Maurício foi um grande amigo dele, além de companheiro no futebol e isso nos emociona demais”, agradeceu Edir.

Equipes e Premiação – O Santos Futebol Clube vai defender o título de campeão da Copa Missinho contra outras 13 equipes: Flamengo de Poço, Flamengo de Camalaú, Monte Castelo, Vila Sport Clube, Camalaú, Grêmio Renascer, Itatubence, Jacaré Futebol Clube, Jardim Manguinhos, Atlântico, Real Bongi, Paris Renascer, Cruzeiro de Jacaré. A copa Missinho premiará com troféus e medalhas, além de um incentivo financeiro de R$ 2 mil e R$ 1 mil, respectivamente para primeiro e segundo colocados.

O secretário adjunto de Esporte, Almir Mendes, falou sobre a logística da competição e sobre toda estrutura do evento agradecendo o apoio das Secretarias municipais e da atual gestão.

“Estamos promovendo uma competição com mais de trezentos atletas inscritos, em que todos os profissionais da Sejel se envolvem na logística. E pra isso nós contamos também com os serviços de arbitragem que foram contratados e com a presença da Polícia Militar, através do Corpo de Bombeiros, e de profissionais de diversas áreas das secretarias de Comunicação, Saúde, Segurança, Mobilidade Urbana, Infraestrutura e Defesa Civil” ressaltou Almir.

CONFIRA A TABELA DE JOGOS

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Baixar arquivo [27.94 KB]

Homenageado – Edmílson do Nascimento Trigueiro, mais conhecido como Missinho (1975 -2014), atuava como atacante, que além dos times locais como Nacional de Cabedelo, teve passagens pelo Botafogo (PB), Auto Esporte (PB), Sampaio Correia (MA), Avaí (SC), Ituano (SP), Caldense (MG) e Cruzeiro (MG). Foi, contudo, no CSA (AL) onde obteve o maior destaque, ao realizar uma grande campanha com o time na Copa Conmebol de 1999. O CSA ficou com vice-campeonato e Missinho foi artilheiro com 4 gols marcados.

No dia 26 de agosto de 2014, aos 39 anos de idade, Missinho faleceu em Cabedelo, vítima de um câncer do estômago.

07


Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade