Jairo Madruga e Fabiana Souto abrem shows do Arraiá do Litoral neste domingo (23), na Praça Getúlio Vargas

Bairro do Renascer também terá programação junina. Festas contarão com megaestrutura, homenagens e esquema especial de trânsito e segurança

Os shows do Arraiá do Litoral – São João e São Pedro em Cabedelo têm início neste domingo (23), na Praça Getúlio Vargas. Quem anima o público é o cantor Jairo Madruga e a cantora Fabiana Souto. A festa começa às 20h, com a abertura oficial pelo prefeito Vitor Hugo. Em seguida, às 21h30 começam os shows que prometem agitar a Praça até às 2h.

No Renascer, também terá programação junina. A partir das 18h, o pé de serra Chico Novo começa a animar o público na rua Raul Seixas (ao lado da Projecta). Por lá, ainda se apresentam as Quadrilhas Juninas Luar da Ilha, Junina Macambira e o Coco de Roda Mestre Benedito. Os shows principais ficam por conta de Gil Bala e Magias da Paixão.

Até o dia 29, passarão pelo palco da festa na Praça Getúlio Vargas atrações como Tom Oliveira, Alberto Bakana, Sirano e Sirino, Osmídio Neto e Cavalo de Pau. Além dos shows, o Arraiá vai contar com quadrilhas, pé de serra, apresentações de humor e muita cultura.

Irreverência não vai faltar no Arraiá. Ceicinha, Tia Creuza e Verinha Show, do Pastoril Profano, estarão presentes todos os dias recepcionando e animando quem for arrastar o pé na Praça. Os humoristas da terra, Alessandro Tcchê, Ribamar de Souza e Dinart Silva prometem muita risada e alegria durante todo o São João e São Pedro.

Um megaestrutura foi preparada pela Prefeitura Municipal de Cabedelo para receber a festa que, este ano, rende homenagens à Quadrilha Junina Viana e o Rei do Ritmo, Jackson do Pandeiro.

A estrutura da festa contará com um pavilhão coberto de 400 m² o dobro do tamanho do ano passado. O Palco Principal que receberá os shows terá 12mX10m. Já o Palco Jackson do Pandeiro, onde se apresentarão os trios pé de serra e as atrações culturais, terá 8mX6m. A estrutura contará, ainda, com Praça de Alimentação, Camarote da Prefeitura e a Vila São João.

O Casarão Criativo localizado na Praça Getúlio passará por uma pequena intervenção para abrigar uma exposição em homenagem à Quadrilha Junina Viana. O espaço será dedicado à memória do grupo, com fotos, figurinos, premiações, que contam a história desta importante Quadrilha cabedelense.

Para garantir que a festa seja tranquila todos os dias, a Guarda Civil Metropolitana (GCM), a Defesa Civil e a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) preparam um esquema especial de segurança e trânsito. A Semob vai atuar em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Serão disponibilizados 10 agentes de trânsito nos dias 23, 24, 28 e 29. Nos demais dias de festa, o efetivo contará com oito homens operando em campo. Além disso, nos dias de festa, o Km 0 – compreendido do Cabedelo Clube ao final da Praça Getúlio Vargas – será interditado.

Já a Segurança estará com 120 agentes – entre Guardas Metropolitanos, Inspetores e Comando – para garantir a segurança nos sete dias de Arraiá. No trabalho da Ronda Ostensiva Municipal (Romu) operam em campo 20 homens por noite. Nos dias de shows – 23,24,28 e 29, o efetivo será de 30 homens/noite. Cinco viaturas darão apoio operacional ao evento.

A Polícia Militar disponibilizar 30 PMs/noite na Operação São João da PM, na região que abrange a 6ªCompanhia Independente da Polícia Militar (CIPM). O efetivo ainda contará com o apoio diário de 20 policiais e duas viaturas, atuando tanto nos eventos do Centro como, principalmente, no Renascer.

A Defesa Civil atuará com equipes de 5 bombeiros civis, equipamentos de primeiros socorros, rampas e saídas de emergência, contenção de princípio de incêndio, além de fiscalização nos palcos e instalação de sons e nas barracas de ambulantes, principalmente os que utilizarem gás butano e churrasqueiras.

Já o efetivo do Corpo de Bombeiros contará com 40 homens atuando diariamente nos festejos juninos, além de 1 caminhão de combate a incêndios, Ambulância, equipamentos para atendimento à vítimas de queimaduras, atendimentos pré-hospitalares, acidentes automobilísticos e ainda embarcações com efetivo para atuar no período de chuvas.

 

Compartilhar