Quase 40 mil pessoas vão à Praça Getúlio Vargas acompanhar encerramento do Arraiá do Litoral e show do cantor Zé Vaqueiro

Festa, que começou no último dia 23, aqueceu comércio, movimentou a cidade e resgatou toda a tradição junina local

Aproximadamente 200 mil pessoas em sete noites de forró; comércio aquecido, cidade lotada, muita cultura, alegria e tradição. Esse foi o saldo do Arraiá do Litoral 2022, que foi encerrado nesta quarta-feira (29) em grande estilo, ao som do cantor fenômeno Zé Vaqueiro e da banda, prata da casa, Stylo Ousado.

Desde o dia 23, o Arraiá do Litoral vem movimentando a cidade. Pelo palco principal da Praça Getúlio Vargas passaram nomes como Calcinha Preta, Mô Lima, Osmídio Neto, Fabiana Souto e Alberto Bakana.

A programação também privilegiou o resgate e o enaltecimento da cultura e tradição locais, com apresentações de grupos culturais, quadrilhas, trios pé de serra e artistas da terra.

A primeira dama do município, Daniella Ronconi, compareceu ao evento para trazer um recado especial do prefeito Vitor Hugo, que continua recuperando a saúde em casa.

“Eu estou representando Vitor porque ele ainda está muito emotivo e sob cuidados. Mas essa festa é uma celebração da vida para nós e para o povo. Então quero agradecer a presença desse público maravilhoso que veio aqui para se divertir e brincar, e temos certeza que aproveitou muito. Por fim, agradeço o empenho de todas as Secretarias, todos os órgãos públicos envolvidos na logística e também a todos os apoiadores que nos ajudaram a fazer acontecer o Arraiá do Litoral”, destacou Daniella.

A banda Stylo Ousado, prata da casa, fez um grande show de abertura para uma multidão que já tomava toda a praça. Grande atração da noite, o cantor Zé Vaqueiro é referência no forró por levantar a bandeira do ritmo do piseiro. Natural de Ouricuri, sertão de Pernambuco, o artista é forrozeiro desde criança e hoje vive o seu melhor momento na carreira, com apenas 23 anos. Em seu show, o artista não deixou ninguém parado ao som de sucessos como “Vem me Amar”, “Tenho Medo”, “Volta Comigo bebê”, “Cangote”, e, claro, o megahit “Letícia”.

O artista já esteve em Cabedelo em grandes eventos privados, mas é a primeira vez em praça pública na cidade. Ele falou sobre a recepção e a alegria em conhecer o Arraiá.

“É uma satisfação maravilhosa estar de volta nesta cidade. E agora num evento com uma proporção bem maior. Em cada cidade que passamos neste mês de junho foi sempre uma emoção diferente, mas aqui em Cabedelo, desde que o show foi anunciado, se criou uma expectativa muito grande por todos. Só tenho a agradecer a Prefeitura de Cabedelo pela organização desse evento maravilhoso. Se a gente tá retornando é porque o público gostou e é sinal de que Deus está abençoando nosso trabalho. Espero voltar aqui mais e mais vezes”, agradeceu Zé Vaqueiro.

O Arraiá do Litoral 2022 envolveu cerca de 323 artistas; 60 ambulantes e comerciantes; e 40 empreendedores criativos. O secretário de Cultura, Igobergh Bernardo, fez um balanço do evento que levou milhares de pessoas aos eventos da cidade.

“O Arraiá do Litoral se consolida como a maior festa junina do litoral da Paraíba. Cabedelo conseguiu consolidar um projeto que surgiu em 2018 enaltecendo a nossa cultura nordestina, locais onde passaram grupos e manifestações culturais e foram visitados pelas famílias cabedelenses. E além disso, a cidade é envergada agora como um novo destino para se visitar durante o período junino”, destacou Igobergh.

A programação foi especialmente elaborada pela Secretaria de Cultura de Cabedelo  e voltada ao resgate da tradição e à valorização da cultura e dos talentos locais. Foram apresentações de quadrilhas, grupos teatrais e artistas da terra, que animaram e coloriram a Praça Getúlio Vargas, preparando o espaço para receber o São Pedro.

“A inclusão dos grupos culturais foi uma decisão muito acertada da Secult. E, com isso, a cultura local só tende a crescer e se fortalecer, pois os grandes grupos surgem a partir dos pequenos. Cultura é investimento! É dando esse estímulo que faz com surjam novos grupos, quadrilhas e outros movimentos folclóricos. Somos artistas e estamos aqui adquirindo e trocando experiência no ramo da arte e da dança, mostrando cultura feita do povo para o povo”, afirmou Jordan de Lucca, coreógrafo do grupo cultural Forte da Catarina.

Quem também falou sobre o evento, especialmente sobre o impacto na área  turística foi o secretário de Turismo, Haennel Farias.

“A gente está muito feliz com o resultado dessa festa. O grande público que recebemos de outros Municípios e Estados só nos confirmam que estamos no caminho certo e nos próximos anos teremos a oportunidade de investir ainda mais. E o mais importante é que os turistas vem aqui pelo evento, mas despertam a curiosidade de conhecer um pouco mais a nossa cidade e acabam ficando mais tempo e até voltando”.

Arraiá seguro e tranquilo – O Arraiá foi marcado pela organização e pela segurança oferecida a quem trabalhou e foi curtir os dias de festa.

“As noites de festa em Cabedelo foram muito tranquilas. A Polícia Militar se fez presente em todos os bairros onde tiveram eventos e também na Praça, onde ocorreu as maiores festividades. Até agora nenhuma ‘ocorrência de vulto’, nenhuma condução pra delegacia, nada que tenha comprometido nosso trabalho ou o evento”, destacou comandante da 6a Companhia Independente de Polícia Militar da Paraíba, Major Temóteo

Comércio aquecido – O Arraiá do Litoral voltou após dois anos de pandemia e mostrou a força que tem para o comércio e o turismo de Cabedelo. A festa aqueceu a economia, gerou renda para os cabedelenses e movimentou a cidade nos primeiros dias de festa.

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Portos, cadastrou mais de 50 comerciantes para atuarem durante os dias de festa.

“Nós colocamos uma estrutura para atender 25 comerciantes que estão ofertando comidas e bebidas; mais de 20 ambulantes que trabalham só com carrinho ou cooler; 8 comerciantes que trabalham com drinks e coquetéis; e 6 espaços para os que instalam brinquedos infantis. Realizamos uma capacitação com a maioria deles e liberamos microcrédito para que muitos tivessem um capital de giro inicial para o período festivo. Além disso, auxiliamos dezenas de comerciantes que não foram contemplados nessa logística, mas que ainda conseguiram ficar ao redor da estrutura da festa, compreendendo que estamos vindo de uma crise econômica proveniente da pandemia de Covid 19 e todos precisam trabalhar. É assim o olhar dessa gestão municipal que apoia os comerciantes e também visa o atendimento das pessoas que vão prestigiar esse grande evento”, destacou o secretário Fernando Sobrinho.

Anexo à praça, o Casarão do Padre – Espaço Criativo recebe uma programação especial e a Vila do Cabedelo. Por lá, além de muito forró, há espaço para venda de comidas e artesanato. Para os comerciantes, os depoimentos se cruzam em elogios à organização e aos espaços disponibilizados na festa, e comemoração pelas vendas positivas.

“Só temos a agradecer pela estrutura que foi montada e pelo cuidado que tiveram com os comerciantes. E também por todas as orientações que nos foram passadas e pela segurança que temos no local de trabalho. A expectativa com as vendas foram todas superadas”, comemorou Tuane Ellen, que comercializa salgados e doces na Praça de Alimentação.

Festa Inclusiva e com saúde– Não foi só de festa e alegria que o Arraiá do Litoral 2022 foi feito. Saúde, consciência e o respeito também fazem parte da programação.

As Secretarias de Saúde (Sescab), Assistência Social (Semas) e de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPM) participaram ativamente nos dias da festa, promovendo testagem para Covid-19, panfletagem e abordagens sobre direitos das mulheres e das crianças e adolescentes.

A novidade desse ano foi o Espaço Acessível, instalado pela Semas. O local foi exclusivo e voltado às pessoas com deficiência e buscou inseri-las na festa de forma segura e confortável.

Compartilhar