No Dia nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, Prefeitura de Cabedelo debate políticas públicas e homenageia atletas paralímpicos

Solenidade aconteceu em sessão especial na Câmara Municipal

Renovação e renascimento. É o que simboliza o dia 21 de setembro, Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência. Em Cabedelo, a data foi lembrada com uma sessão especial na Câmara Municipal nesta terça-feira (21).

Na ocasião, o prefeito Vitor Hugo, a secretária de Assistência Social (Semas), Cynthia Cordeiro, vereadores e a sociedade civil debateram políticas públicas voltadas a esse grupo. A solenidade ainda foi marcada pela homenagem aos atletas paraibanos Luan Lacerda e Damião Robson, representantes da seleção de Futebol de 5. pentacampeã na Paralimpíada de Tóquio no Japão.

As atividades relativas ao Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência em Cabedelo tiveram início no último domingo (19), em evento promovido pela Coordenação da Pessoa com Deficiência na Arena da Praia do Miramar. A programação contou com banho de mar para pessoas com deficiência usando a cadeira anfíbia, vôlei, atletismo, fitdance e realização de rodas de conversa sobre direitos da pessoa com deficiência.

Em seu pronunciamento durante a sessão especial nesta terça-feira (21), o prefeito Vitor Hugo destacou as ações da atual gestão em prol das pessoas com deficiência e reassumiu o compromisso de tornar Cabedelo uma cidade cada vez mais acessível.

“Me sinto honrado em estar em sintonia com esta luta, pois tenho orgulho de dizer que nossa gestão está atenta a todas as reivindicações desta categoria desde o primeiro dia do nosso mandato. Todas as obras que foram executadas, desde então, são idealizadas dentro dos padrões de acessibilidade e sempre com o conceito de inclusão. Esse compromisso eu reafirmo com a sociedade: precisamos dar qualidade de vida para que essas pessoas saiam de suas casas e se sintam acolhidas pela cidade”.

O gestor aproveitou a ocasião para anunciar a instalação de um grande Centro de Atendimento Especializado para a Pessoa com Deficiência. A expectativa é que o equipamento seja entregue já nos próximos meses.

De acordo com o último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil possui mais de 45 milhões de pessoas com deficiência. Em Cabedelo, há cerca de 17 mil pessoas com esta condição.

A cidade vem se tornando, a cada dia, uma cidade acessível. Em todos os eventos promovidos pela PMC, há, agora, a presença de um intérprete de Libras. No melhor local de contemplação no Por do Sol do Parque Turístico do Jacaré, também há espaço privilegiado para pessoas que usam cadeira de rodas. Além disso, todos os quebra-molas construídos nas ruas agora são nivelados com as calçadas; e as futuras paradas de ônibus da BR terão piso tátil e marcações em braile. No dia 8 de de novembro, será celebrado o Dia Municipal da Pessoa com Deficiência, instituído pela Lei nº 1.628/2013.

“Para nós é muito importante Cabedelo fazer essa homenagem aos paratletas e às pessoas com deficiência num dia tão memorável. Só queria agradecer pelo reconhecimento. Acessibilidade é necessária por uma questão de dignidade. E o recado que eu deixo para os pais que tem filhos com deficiência é que procurem pessoas especializadas que encaminhem seus filhos para o esporte ou outras atividades. Nunca desistam dos sonhos, pois batalhando a gente realiza”, destacou o atleta paraolímpico Damião Robson Sousa Ramos, um dos homenageados durante a sessão especial. Natural de Campina Grande, Damião é tetra medalhista de ouro, tricampeão mundial e tricampeão do ParaPan no Futebol de 5.

Além dele, também esteve presente ao evento o atleta pessoense Luan de Lacerda, goleiro da seleção de Futebol de 5 (única posição do esporte que pode ser ocupada por quem não tem deficiência). Luan convive há mais 8 anos diariamente com deficientes visuais; é bicampeão paralímpico, campeão mundial, bicampeão do ParaPan, campeão da Copa América e campeão brasileiro

Presenças –  Realizada de forma híbrida, a sessão especial na Câmara Municipal, requerida pelo vereador Edvaldo Neto, permitiu a participação de diversas autoridades e representações que debateram a importância da representatividade e da luta das pessoas com deficiência na cidade portuária.

Presentes ao plenário, estiveram o prefeito Vitor Hugo e a primeira-dama, Daniela Ronconi; a secretária da Semas, Cynthia Cordeiro; o vice-presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Elosman de Oliveira; a Gerente de Atendimento da Pessoa com Deficiência da Semas, Gabrielle Soares; e a militante do Movimento das Pessoas com Deficiência de João Pessoa, Marina Felismina dos Santos.

Também interagiram e participaram de forma online os representantes do Poder Legislativa Estadual,  deputados Taciano Diniz e Cida Ramos ; a secretária executiva do Fórum Paraibano de Luta da Pessoa com Deficiência, Carolina Vieira; a promotora de Justiça das Pessoas com Deficiência da comarca de Cabedelo, Maria do Socorro Maia; a presidente da Associação Paraibana de Autismo, Rossana Carneiro; a presidente da Associação das Mães e Pais de Criança com Deficiência de Cabedelo (Amapedec), Niselma Nascimento; além de representantes da Ong Acesso Cidadão.

 

Compartilhar