NOTA PMC

A Prefeitura Municipal de Cabedelo vem a público informar que vai acatar a decisão da Justiça Federal e revogará o decreto que autoriza o retorno das aulas presenciais nas Universidades do município.

Ao mesmo tempo em que expressa estranheza pela decisão judicial não apresentar nenhum estudo ou laudo técnico que comprove a relação da sala de aula com o aumento no número de casos da Covid-19 em todo o Estado.

A PMC também lamenta que a prioridade seja prejudicial ao segmento da Educação e não a outros setores que geram aglomeração sem o mesmo cuidado com os protocolos de Saúde.

A Prefeitura reitera o posicionamento favorável a fiscalizar protocolos, realizar testes em massa, entregar medicações adequadas a pacientes em estágio inicial e reduzir a quantidade de pessoas em alguns tipos de ambientes.

O fechamento de segmentos sem estudos comprobatórios significa decretar a falência de empresários e retirar o pão da mesa de muitas famílias cabedelenses.

Compartilhar