Prefeitura de Cabedelo abre inscrições para projeto Escola de Robótica

Esse ano, iniciativa envolverá 10 escolas e será desenvolvido de forma remota

A Secretaria de Educação de Cabedelo (Seduc), por meio do Setor de Tecnologia Educacional (STE), abre, a partir de terça-feira (20), as inscrições para a edição 2021 da Escola de Robótica. O projeto tem como objetivo introduzir o alunado ao mundo da tecnologia, bem como investir na melhoria do desempenho na manipulação dos componentes e na construção robótica.

Este ano, diante do cenário pandêmico que limita as atividades presenciais, a Escola de Robótica passa por um processo de reinvenção e adaptação. A edição 2021 contará com o Projeto Robótica Remota, que atenderá 10 Escolas Municipais do Fundamental II, sob orientação do STE.

Os alunos poderão procurar a sua respectiva escola para obter informações sobre número de vagas e como participar. O Projeto será ofertado para alunos do fundamental II (6º ano ao 9º anos) das seguintes escolas: E.M. Elizabeth, E.M. Major Adolfo Maia, E.M. Mª das Graças, E.M. Mª Pessoa, E.M. Marizelda Lyra Silva, E.M. Miranda Burity, E.M. Paulino Siqueira, E.M. Plácido de Almeida, E.M. Rosa Figueiredo e E.M. Vereador Pedro Américo.

“Diante do período pandêmico que estamos vivenciando, precisamos dar assistência aos nossos alunos, em especial no que tange ao desempenho tecnológico. Dentro desse pressuposto, estamos trazendo o suporte da Escola de Robótica, mesmo que de forma remota, com o objetivo de estimular nosso aluno a investigar e materializar os conteúdos de forma interdisciplinar, proporcionado uma maior independência, autonomia e senso crítico”, explicou a secretária de educação, Márcia de Lourdes Moreira de Oliveira.

As atividades serão oferecidas sempre no contraturno do aluno, uma vez por semana, e aplicadas de forma virtual, por vídeo chamadas, apostilas, ou atividades impressas para aqueles alunos que não possuam recursos digitais. A meta é estimular o desenvolvimento da imaginação e do raciocínio lógico nessas atividades: “Considerando a importância pedagógica, a Robótica Remota busca ser uma atividade lúdica, divertida e empolgante, com um foco sobre o papel educacional”, acentuou Márcia.

O Projeto Escola de Robótica Remota terá duração de dois meses, maio e junho, e objetiva, também, inicializar os alunos na preparação para as competições, que acontecerão no segundo semestre deste ano.

Projeto – Lançado em 2018, a Escola de Robótica é um projeto desenvolvido em 12 Escolas Municipais pelo STE, atendendo turmas do Fundamental I e II, EJA, além de estar sempre oportunizando a participação e inclusão dos alunos com deficiência.

As atividades desenvolvidas assumem um caráter de vital importância na formação dos alunos, diante da convivência cada vez mais próxima com a tecnologia no cotidiano, desde a comunicação, aquisição de conhecimento e processos produtivos, como acentua o consultor de robótica educacional do STE, Luciano Pinto.

“O ensino da robótica é uma ferramenta fundamental na formação da atual geração de crianças e adolescentes. E dessa forma, a gestão municipal vem garantindo aos alunos da rede o que tem de mais atual e necessário no ensino, para a preparação dos nossos estudantes para o século XXI: a era da tecnologia digital”, comentou.

Para o desenvolvimento e acompanhamento das atividades o STE conta com uma coordenadora pedagógica, três professores de robótica, um professor para formação continuada, um Apoio Administrativo e um Consultor de Robótica.

Compartilhar