Prefeitura de Cabedelo está com inscrições abertas para Curso Preparatório de Teatro

Cadastro pode ser feito até o dia o próximo dia 17; aulas irão atender cerca de 20 artistas profissionais ou amadores de teatro, que comprovem atuação anterior na atividade

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria de Cultura (Secult), está com inscrições abertas para o Curso Preparatório de Teatro de Cabedelo.  A iniciativa é voltada à capacitação e formação técnica de artistas profissionais e amadores do teatro na cidade.

As inscrições podem ser feitas online até o dia 17, através de link disponível no site da PMC. O curso irá atender cerca de 20 artistas profissionais ou amadores de teatro, que comprovem atuação anterior na atividade.

FAÇA AQUI SUA INSCRIÇÃO.

 

As aulas terão inicio no dia 26 de abril e acontecerão todas às segundas, quartas e sextas- feiras, das 19h às 22h no Teatro Santa Catarina.

A iniciativa está sendo desenvolvida pela Secult e pelo Professor Dr. em Teatro Paulo Vieira, e propõe o desenvolvimento de aulas práticas e teóricas, distribuídas de acordo com 07 disciplinas, com uma carga horária total de 300 horas/aula e com a montagem de um espetáculo teatral com tema que ressalte as raízes populares locais para a finalização e conclusão da turma.

“O teatro além de ser uma atividade artística que favorece o entendimento do sujeito dentro do seu convívio social, também permite com que as diferenças sociais existentes dentro de uma determinada comunidade, sejam minimizadas, através do estimulo a sensação de pertencimento e a valorização dos símbolos e valores culturais presentes na identidade local”, destaca o secretário de Cultura, Igobergh Bernardo.

Disciplinas – Durante o curso, serão explorados os seguintes temas:

Expressão corporal – estudo do movimento, da dança, do ritmo e das expressões corporais populares;

Interpretação – criação de movimentos corporais no sentido de personagens.

Musicalização e Direção Musical – estudo da projeção, ritmo e melodia da voz cantada.

Produção de cenário, adereço e figurinos – composição visual da cena e dos atores no sentido das personagens.

Encenação – montagem do espetáculo, composição do espetáculo somando a totalidade dos estudos.

Caracterização de personagens – composição visual das máscaras interpretativas das personagens.

Plano de luz e operação – composição da luz da cena e sua operação no sentido narrativo do espetáculo.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3250.3322.

Histórico – Em Cabedelo, observa-se a difusão do teatro e do movimento coletivo das artes cênicas a partir do ano de 1950, um período marcado pela atuação do então Pároco da Cidade – Padre Alfredo Barbosa. Coincidentemente ou não, neste período, o religioso, atemporal, com sua vasta experiência obtida em viagens no Brasil e na Europa, identificou na Cultura, uma possibilidade de contribuir para o desenvolvimento social, para a educação e evangelização da Cidade.

E é a partir desta atuação do religioso, que os jovens munícipes e admiradores do Evangelizador, passam a realizar a montagem dramática de autos religiosos. Tendo como primeira montagem o Espetáculo “Anuncio Feito a Maria” em 1959 e posteriormente dar-se inicio a montagem da tradicional da Paixão de Cristo e do Auto de Natal de Cabedelo (1977).

Esse período fica marcado na história cultural da Cidade, pois é quando se começa a surgir o interesse na arte dramática e consequentemente inicia-se a formação de grupos de teatro no município. Surgem então inicialmente na Cidade, os grupos de Teatro: Clubinho Don José de Maria Pires (1977) e o Grupo de Teatro Experimental de Cabedelo – TECA (1978).

O primeiro tem sua atuação marcada pela representação de peças religiosas, enriquecidas pelas características populares da região e posteriormente vem a se tornar em Grupo de Teatro Padre Alfredo Barbosa – GTAAB (1982). O segundo, o Grupo TECA coordenado pelo Dramaturgo Altimar Pimentel, inicia na Cidade o movimento da arte dramática voltada para a valorização da cultura popular e da identidade local, trazendo o teatro com uma visão além do elemento social, mas sim, o destacando-o como um agente político da região.

Esse movimento vem a ser consolidado com a conquista da construção e fundação do Teatro Santa Catarina em 13 de março de 1987. A Obra foi uma realização do então Governador do Estado – Wilson Braga, através de um requerimento do Teatrólogo Altimar Pimentel e marca um período consolidador para a arte dramática na Cidade.

O município a partir de então, com uma casa de espetáculos própria, passa finalmente a ter um equipamento que abrigue as ações de difusão e fomento da produção cultural local. Dando espaço e estimulando o surgimento de novas produções e talentos no cenário cultural.

E é observando esse contexto histórico e a importante representação do Teatro para a cultura de Cabedelo, que a Secretaria de Cultura desenvolveu o Programa Municipal de Teatro. O Programa tem seus princípios estabelecidos na arte dramática como uma área de conhecimento, propondo estimular a formação de pessoas através da Inteligência Criativa, pautada na diversidade, nos aspectos éticos e estéticos da região. Tendo como foco uma proposta que compreende o artista do teatro como parte e produtor da arte e da cultura local.

 

Compartilhar