Prefeitura de Cabedelo inicia atendimento presencial para ex-servidores com pendências cadastrais e dificuldades em solicitar auxílio emergencial do  Governo Federal

Atendimento é realizado mediante agendamento via WhatsApp; equipe da Sead também orienta aqueles com vínculo ativo em outras instituições

Começou nesta segunda-feira (04) o suporte presencial para ex-servidores que estão encontrando dificuldades em solicitar o auxílio emergencial do Governo Federal, por ainda constar vínculo com a Prefeitura no sistema do CNIS / INSS. A assistência está sendo prestada mediante agendamento através do número (83) 99865-7382 (whatsapp).

No 1º dia de atendimento, que está sendo realizado na Secretaria de Administração (Sead), as pessoas puderam sanar dúvidas, resolver pendências e solicitar sua Declaração de Tempo de Serviço. Além disso, a equipe da Sead também prestou esclarecimentos sobre a atualização cadastral junto à plataforma MEU INSS, e orientou sobre o passo a passo para acessá-la.  VEJA AQUI O PASSO A PASSO

Além de auxiliar ex-servidores com vínculo na Prefeitura, a equipe também vem  prestando orientações para aqueles que possuem vínculo ativo com outras instituições, além da PMC.  A Sead levou em consideração todas as normas e protocolos de segurança para prevenção à Covid-19, garantindo a segurança de todos que estavam no prédio.

“Começamos essa força tarefa e estamos conseguindo atender às expectativas de quem nos procura, solucionando e dando encaminhamentos para que essas pessoas possam conseguir seu auxílio emergencial. A solicitação para vir na Sead esclarecer essa pendência é feita via WhatsApp, no número 99865-7382. É importante esse agendamento para que possamos garantir a segurança de todos, evitando filas e aglomerações. Importante também o trabalho que nossa equipe tem feito no sentido de prestar assistência não apenas a quem tem vínculo ativo com a Prefeitura, mas para aqueles que chegam aqui e descobrem que possuem vínculo com outras instituições, outras Prefeituras. Um trabalho que, a priori, não seria de nossa responsabilidade, mas que também estamos prestando com toda diligência e responsabilidade”, destaca a secretária de Administração, Nilda dos Santos.

Compartilhar