Prefeitura de Cabedelo investe em armamentos para a Guarda Metropolitana

A Prefeitura Municipal de Cabedelo segue investindo na segurança e no bem-estar de sua população. Nesta quarta-feira (20), foi assinado o pré-contrato para a aquisição de equipamentos bélicos para armar a Guarda Metropolitana.

A corporação é pioneira no Estado na iniciativa e, desde 2010, atua em defesa da vida e do patrimônio local de forma mais ostensiva e segura.

A aquisição das armas deu-se através de uma emenda parlamentar federal. A GMC será contemplada com a compra de 20 novas pistolas TS9, 5 carabinas  CTT calibre .40 e 10 pistolas compactas modelo G2C 9mm.

A reunião firmou o pré-contrato de aquisição desse novo material bélico letal que irá aparelhar os grupamentos operacionais de patrulhamento ostensivo da GMC, como Romu (Grupamento de Rondas Ostensivas Municipal) e Grupamento de Proteção Ambiental (GPA). Os armamentos serão manuseados por guardas, devidamente habilitados através de um Curso de Habilitação para Porte de Arma de Fogo. A previsão é que novos GMs também passem pela capacitação, ainda este ano, e fiquem aptos a manusear as armas de fogo, ampliando o contingente que vai garantir a segurança da população e da cidade.

O prefeito Vitor Hugo Castelliano esteve no prédio da Secretaria de Segurança e participou da reunião,  junto ao secretário de Segurança, Cmte. Magalhães Lourenço, e aos representantes da empresa de materiais bélicos Taurus Armas S.A.

“Um dos pilares básicos de sustentação do nosso governo é, justamente, a questão da segurança do Município e, por isso, essa área merece um acompanhamento técnico muito eficaz por parte dos que estão à frente desta Secretaria. Esse investimento na aparelhagem e modernização dos equipamentos só vem coroar o trabalho desses heróis de farda azul marinho da nossa Guarda Metropolitana”, afirmou o prefeito Vítor Hugo.

A GMC foi a primeira guarda armada do estado da Paraíba, ainda em 2010, antes mesmo da aprovação da Lei Federal 13.022 de 2014, que ampliou as competências da guarda para o patrulhamento ostensivo.

“Isso significa dizer que a instituição sempre esteve na frente, na vanguarda do processo de policiamento comunitário e do policiamento ostensivo em parceria com as demais polícias. E, agora, também de forma pioneira, será a primeira guarda do Estado a adquirir armamentos modernos como as pistolas no modelo TS9 e também as carabinas CTT.40, atualmente utilizadas pelas polícias civil, militar e federal. Desde 2009/2010, que não se fazia investimento para aquisições de armamentos aqui no Município. Acreditamos que Segurança Pública se faz, sobretudo, com prevenção, porém, precisamos estar preparados para o que tivermos de enfrentar. Com a guarda bem equipada, melhores condições de segurança são proporcionadas para a sociedade. Isso representa um grande avanço e uma sinalização de uma política de investimento forte, que é uma das marcas registradas desta gestão” destacou o secretário de segurança, Magalhães Lourenço.

O comandante da GMC ressaltou que, ainda neste ano, uma equipe técnica da secretaria estará participando de uma feira nacional sobre equipamentos de segurança para “conhecer e analisar o que há de melhor para ser aproveitado em Cabedelo”.

Resultados – Os grupos que atuam na GMC, ao longo desse ano, vêm acumulando números positivos na cidade. A Romu, por exemplo, já realizou 338 apreensões de entorpecentes e 7 de armas de fogo; 232 ações de apoio à segurança patrimonial e 39 de reintegração de áreas invadias.  Já o Batalhão Ambiental, conseguiu realizar 112 resgates de animais, 101 autuações de crimes e ambientais e 728 de perturbação do sossego. Já o grupo responsável pela preservação patrimonial acumula 644 rondas e 190 ocorrências monitoradas.

 

Compartilhar