Prefeitura de Cabedelo realiza 14ª Mostra Cultural da Educação Infantil

Tema abordado este ano foi “Explorando a Inteligência lógico-matemática na educação infantil”

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seduc), realizou, nesta quarta-feira (01), a 14ª Mostra Cultural da Educação Infantil.

Nesta edição, o encontro – realizado anualmente pela Coordenação de Educação, desde 2006 – trouxe como temática “Explorando a Inteligência lógico-matemática na educação infantil” e reuniu gestores e supervisores de creches e escolas da rede municipal que trabalham com educação infantil.

A Mostra Cultural da Educação Infantil se notabilizou ao longo dos anos pela realização de apresentações teatrais e musicais produzidas a partir dos eixos temáticos desenvolvidos nas unidades ao longo do período letivo. Este ano, contudo, a ação foi realizada com a apresentação de vídeos realizados nas escolas, com a participação das crianças.

“A Mostra traz um resumo do belíssimo trabalho realizado em nossas creches e escolas de Educação Infantil, materializando o amor em forma de atividade. É um orgulho poder idealizar e planejar, constatando o impacto real pelo nível de satisfação das nossas crianças e seus familiares. Nossos profissionais conseguem construir tanta coisa linda, trazendo esperança e transformando vidas, através do ato de educar! Esse é o nosso real objetivo! Valorizar a infância, trabalhar a Educação de forma eficiente, mostrando realmente o nosso papel de educador, através da construção de conhecimento dentro de nossas instituições de ensino”, declarou a secretária da educação, Márcia Moreira.

Para o encontro as creches e escolas produziram vídeos com a presença das crianças, uma vez que o ensino já voltou a ser oferecido na modalidade híbrida nas unidades. Tratam-se de apresentações relativas ao projeto, que registram as atividades resultantes das oficinas temáticas vivenciadas nas unidades, com base no desenvolvimento da inteligência lógico-matemática dos alunos.

“O projeto da Mostra Cultural visa compartilhar as experiências entre todas as creches municipais, e o diferencial nesta edição é que inserimos as escolas e que, em virtude das limitações impostas pela pandemia, não realizamos ações presenciais com as crianças, nos limitando a apresentações em vídeos dos projetos desenvolvidos no âmbito das escolas”, comentou uma das coordenadora da Educação Infantil, Nadja Araújo.

A cada início de ano, a Coordenação define o Plano de Ação que delimita e orienta todas as atividades a serem desenvolvidas, por meio de objetivos, metas e eixos temáticos. A Mostra Cultura representa a última ação, a culminância, do projeto anual. A meta é promover desde cedo determinadas habilidades atinentes às disciplinas do currículo regular por meio da ludicidade.

“Este ano, especificamente, focamos a matemática para que, desde pequenos, nossos alunos já comecem a desenvolver a disciplina de uma forma lúdica, ou seja, fazendo com que eles aprendam os conceitos principais por meio de brincadeiras, de jogos, situações e soluções de problemas”, ressaltou a também coordenadora da Educação Infantil, Aline Aragão.

Além da função pedagógica de ensino-aprendizagem, a coordenadora Nadja destacou a visibilidade que a Mostra empresta à Educação Infantil.

“A Mostra tem o objetivo de trazer a comunidade para dentro da creche, fazendo com que as mães participem. Esse ano, mesmo de forma remota, elas participaram do projeto seja contribuindo com uma atividade com seu filho em casa, gravando um vídeo, prestando testemunho através de um áudio. Percebemos a visibilidade pela grande aceitação que a comunidade tem por nossos espaços. A comunidade procura ainda mais o espaço da creche porque é um local onde encontram o cuidar, o educar e o brincar. Isso é o que faz a diferença de Cabedelo. O município realmente tem uma Educação Infantil diferenciada. Temos professores ganhadores de prêmios nacionais e cada gestor e supervisor, bem como os professores que hoje não puderam estar aqui, contribuem para esse feito de forma decisiva”, concluiu Nadja Araújo.

Compartilhar