Prefeitura promove ações de encerramento do Dezembro Vermelho com pessoas em situação de rua

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria de Assistência Social (Semas), promoveu, nesta quarta-feira (18), o encerramento das atividades do Dezembro Vermelho do Centro de Referência Especializado para a População de Rua (Centro POP).

Durante a ação, os usuários tiveram acesso a serviços como aferição de pressão, testes rápidos (Hepatite, HIV e sífilis) e orientação odontológica. A realização de exames faz parte da rotina do trabalho desenvolvido pelo Centro, bem como o encaminhamento das pessoas em situação de rua aos tratamentos especializados e acompanhamento médico.

“Para nós é de suma importância o mês de dezembro, porque tratamos de uma forma geral e mais forte as temáticas que mais problematizam o dia a dia dos usuários. Ao longo do mês realizamos palestras e atividades de jogos, para que eles se envolvessem e garantissem o êxito das atividades. Eles ficaram, conversaram, dialogaram e produziram em cima de tudo que foi discutido”, revelou o coordenador do Centro Pop, Wilams da Penha.

As atividades desenvolvidas durante o Dezembro Vermelho trataram, sobretudo, de reflexões sobre o HIV e AIDS, a diferenciação entre o vírus e a doença e infecções sexualmente transmissíveis (IST’s). Também foi a oportunidade de discutir sobre a tuberculose que é, estatisticamente, uma doença que atinge muitas pessoas em condição de vulnerabilidade de rua.

“O Centro Pop representa um espaço de referência para a população de rua, em que se devem proporcionar vivências para alcance da autonomia, estimulando a organização, a mobilização e a participação social. O trabalho que desenvolvemos aqui tem como objetivo a saída de situação de rua e devolução da autoestima e da dignidade a essas pessoas. O processo se faz através da informação e do diálogo, como o que vivenciamos ao longo do mês”, concluiu Wilams.

Dezembro Vermelho – A mobilização nacional, realizada durante o mês de dezembro, em torno da prevenção ao HIV, AIDS e outras IST foi instituída por meio da lei 13.504/2017.

As ações, que envolvem atividades e mobilizações realizadas em parceria entre o poder público, a sociedade civil e organismos internacionais, tem o intuito de chamar atenção para as medidas de prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos das pessoas vivendo com HIV.

A escolha do mês foi em função do Dia Mundial contra AIDS, celebrado em 1° de Dezembro.

Secom Cabedelo

 

 

Compartilhar