Prefeitura promove Festa de Debutante e realiza sonho de 32 adolescentes cabedelenses

Projeto Cinderela aconteceu no Cabedelo Clube e foi promovido pela Secretaria das Mulheres

Trinta e duas adolescentes realizaram, neste sábado (15), o sonho do Baile de Debutantes, através do projeto Cinderela, da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPM). A festa aconteceu no Cabedelo Clube e reuniu amigos e familiares em um dos momentos mais especiais da vida de toda adolescente.

O Projeto Cinderela visou resgatar valores familiares e sociais, elevando a autoestima das adolescentes e mostrando que elas são capazes de realizar sonhos. 

O Cinderela visitou as escolas públicas da cidade  e contou com a inscrição prévia de jovens nascidas entre os dias 1º de janeiro de 2003 e 31 de dezembro de 2003, residentes na cidade, com regularidade escolar confirmada e inscritas no Bolsa Família. A princípio foram abertas 50 vagas, 35 jovens se inscreveram e, neste sábado, 32 adolescentes participaram da festa.

O prefeito Vitor Hugo compareceu ao Cabedelo Clube acompanhado da Primeira Dama Daniella Ronconi e foi anunciado como o “príncipe do projeto Cinderela”. 

“Gostaria de agradecer à Secretaria da Mulher, a todos os envolvidos nesse projeto e, em especial, à Primeira Dama Daniella, que foi uma grande incentivadora e que nos cobrou demais para que tudo desse certo. Eu estou muito feliz em poder estar aqui e compartilhar com vocês esse sonho. Espero que todos aproveitem muito essa festa”, ressaltou o prefeito.

O projeto Cinderela proporcionou a realização de uma festa no salão nobre do Cabedelo Clube com mais de 250 convidados; Guarda Civil Metropolitana fazendo a segurança em traje de gala; bolo especial, docinhos e pães de mel (como lembrancinhas artesanais), elaborados pela Cake Designer Clara Costa – que é acostumada a realizar oficinas para confeiteiros na SEPM e que contou com toda a equipe da pasta na produção; um jantar tropical oferecido pela Secretaria de Assistência Social (Semas) para todos os convidados; decoração estilizada de Rany Festas; aluguel de vestidos na loja Vest Rigor; cabelos e maquiagens patrocinados pelas empresas de cosméticos Bio Extratus, Vult e Dailus; preparação antecipada com ensaios de desfiles e provas de vestidos com os estilistas Léo Mendonça e Anelise Guedes; e ainda o registro da festa arquivado em um CD com todas as fotos do evento que serão entregues posteriormente às debutantes.

Na solenidade, as adolescentes  foram chamadas e apresentadas formalmente. Na sequência, as jovens dançaram a Primeira Valsa, ao som da banda D’Baille, com os pais ou acompanhantes que as conduziram para o evento. A Segunda Valsa foi conduzida pelo prefeito Vítor Hugo, com cada uma das 32 debutantes. 

A secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Priscila Resende Santino, destacou a importância de um baile de debutante na vida de cada jovem que participou do projeto. 

“O Cinderela veio realizar os sonhos das meninas que não tiveram oportunidade de ter um baile e de se apresentar à sociedade aos 15 anos de idade. Esse sonho é fruto de um trabalho coletivo, e quando  sonhamos  juntos tudo  se torna realidade. Quero agradecer a todas as Secretarias que contribuíram direta ou indiretamente para a realização desse evento. O nosso sentimento de hoje se resume em gratidão. Gratidão pela felicidade das meninas, que percebemos no brilho do olhar de cada uma delas”.

Para participar do baile, as adolescentes também passaram por oficinas preparatórias sobre Etiqueta, Saúde da Mulher, Dança e Orientação Vocacional. Todos os custos foram arcados pela Prefeitura Municipal. E cada uma delas teve direita a cinco senhas para seus convidados.

Para as debutantes contempladas, participar da festa foi um sonho realizado. Entre todas, os depoimentos eram unânimes: Não fosse a iniciativa da Prefeitura, nunca imaginariam ter um Baile assim.

“Soube do projeto pela diretora da escola. Completei ano no dia 07 de março e não tive festa porque minha família não tinha condições de fazer um evento assim. Eu gostei de tudo, está tudo muito lindo. E eu gostaria de agradecer à Prefeitura por realizar o nosso sonho”, afirmou a adolescente Maria Eduarda Montenegro, moradora do Renascer 4, que foi à festa na companhia da avó materna. A mãe da jovem é portadora de deficiência e o pai falecido, por isso não participaram outros familiares. Eduarda faz o 5° ano seriado na escola municipal Maria José Veríssimo.

“Eu ouvi falar do evento através das redes sociais e quando procurei saber na minha escola, me pediram para eu me inscrever na Secretaria da Mulher. Se não fosse a Prefeitura, a minha mãe não teria condições de fazer essa festa para mim. Não tem como descrever o sentimento hoje, só tenho a agradecer a todo mundo”, afirmou a adolescente Ellen Matias também do bairro do Renascer.

Para as famílias das debutantes, a emoção maior era de vê-las realizando o sonho de ter um Baile desse tipo, e estar presente em um momento tão especial de suas vidas. Alexandra Sales Pereira, mãe das gêmeas Viviane e Vitória, estudantes da escola municipal Rosa Figueiredo de Lima e moradoras do bairro Monte Castelo, comentou sobre a importância desse evento para a família.

“Elas completam ano no dia 24 de junho e eu fiz uma festa pequena. Mas eu as inscrevi neste projeto. É a realização de um sonho, é uma festa de princesa. Além de ser um projeto maravilhoso que resgata a tradição da festa de debutante de Cabedelo”.

 O ajudante de cargas Luciano de Araújo e a dona de casa Marinalva da Silva, além de ressaltarem a realização de um sonho, destacaram o papel acolhedor da Secretaria da Mulher em atender o desejo de sua filha Larissa Cristina, que é uma adolescente com deficiência.

“Tudo muito bem organizado e muito lindo. Nós queríamos dar essa festa no dia 5 de julho para ela, mas não tivemos condições. Agradecemos a Deus e a Prefeitura por proporcionar isso para todas essas jovens”.

Compartilhar