Prefeitura realiza ação de prevenção às Hepatites Virais

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria Municipal da Saúde (Sescab), realizou, nesta quinta-feira (25), a campanha Hepatites Zero. O evento teve como objetivo alertar a população sobre as formas de transmissão e prevenção das Hepatites Virais e aconteceu na Praça Getúlio Vargas, na região central da cidade.

A iniciativa foi voltada, prioritariamente, aos motoristas e caminhoneiros locais, e marcou as comemorações ao Dia do Motorista – 25 de julho – e ao Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais – 28 de julho. C

Com a ação, Cabedelo se engaja na mobilização mundial pela erradicação das Hepatites Virais, que tem como objetivo disseminar informações, promover campanhas de conscientização e ações que contribuam para a erradicação da doença.

O evento contou com a participação de equipes do Rotary Clube, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do Corpo de Bombeiros, da Secretaria do Estado da Saúde e da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob). Na ocasião, o vice-prefeito Aguinaldo Silva falou sobre a iniciativa.

“Estamos em meio a uma campanha que tem uma importância fundamental para a saúde pública. É o tipo de campanha que a sociedade carece e é preciso que aconteça regularmente, pois se trata de educação e cuidados com a saúde. A orientação e a informação são as bases desse processo. Agradecemos ao empenho dos profissionais na realização do evento, bem como pelo comprometimento dos parceiros. Assim se constrói uma gestão comprometida com a atenção e o cuidado que nossa população precisa”, disse.

O secretário de Saúde, André Lima, destacou a importância da prevenção às hepatites e a necessidade de alertar a população sobre a doença.

“Esse evento realizado anualmente marca o momento de dar atenção a uma doença que merece um olhar especial. As hepatites são de fácil prevenção e é preciso envidar esforços para minimizar os danos que elas podem causar, caso não controladas. Agradecemos aos parceiros, todos muito atuantes na área da saúde, por caminhar conosco no lançamento desse alerta à população. Nossa intenção é também contarmos com multiplicadores para expandir esse combate. A Sescab mantém-se 24 horas vigilante, atenta e disposta a cuidar”, declarou o secretário da saúde, André Lima.

Durante a ação, a população teve acesso a serviços como teste para hepatite e HIV, imunização, vacinação, distribuição de preservativos e materiais educativos. Também foram realizadas palestras educativas de prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis, AIDS e Dengue, primeiros socorros, prevenção de acidentes de trânsito e transporte, bem como atendimentos médicos e realização do Cartão do Idoso.

A gestora de Vigilância em Saúde, Júlia Vaz, ressaltou a importância dessas campanhas, bem como da vigilância permanente por parte dos serviços de saúde e da população, e explicou a oportunidade de introdução da campanha da dengue no evento.

“É importante diagnosticar precocemente as hepatites porque dá a oportunidade de iniciar logo o tratamento, o que proporciona uma qualidade de vida boa para quem é acometido por essas enfermidades. Estamos também inserindo a Dengue em todos os nossos eventos, para que a população se conscientize da importância de não deixar a água acumulada, não jogar lixo na rua, ter cuidado com sua casa, pois se cada uma cuidar nossa situação vai ser outra”, pontuou.

De passagem por Cabedelo, o caminhoneiro Antônio Carlos Pereira, de Fortaleza (CE), aproveitou para realizar alguns exames e falou sobre a oportunidade para os profissionais do volante.

“Sempre passo por Cabedelo e, hoje, estou aproveitando essa oportunidade para fazer o acompanhamento, verificação de pressão e outros exames que são muito importantes, principalmente para a nossa profissão de caminhoneiro, já que não remos muitas oportunidades de estar fazendo isso próximo a nossa residência. Recomendo a todos que, como eu, vivem na estrada, a aproveitar essas oportunidades que, na realidade, é uma forma de estar nos presenteando, pois pode ser detectado algum probleminha precocemente e teremos mais tempo para curar e evitar mais complicações”, comentou.

 

Compartilhar