Prefeitura recepciona residentes que irão atuar como médicos de família e comunidade

Serão 6 novos profissionais médicos atuando junto às UBS’s e outras unidades do sistema de saúde do município

A Prefeitura de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu, nesta sexta-feira (04), o evento de recepção aos Residentes Médicos aprovados em processo seletivo e a Aula Inaugural do Programa de Residência Médica em Medicina da Família e Comunidade.

Nesse primeiro semestre ingressaram 6 alunos que foram aprovados no processo seletivo realizado em parceria com a Escola de Saúde Pública da Paraíba – ESP/PB.

A solenidade foi realizada no auditório da Uniesp e contou com a presença do prefeito Vitor Hugo Castelliano, do secretário de saúde, Murilo Suassuna, do coordenador do Coreme/Cabedelo, Hilário Lourenço, do presidente do Conselho Regional de Medicina da Paraíba, Dr. João Modesto Filho, além de representantes do Conselho Municipal de Saúde, da Faculdade de Ciências Médicas, do Uniesp, do Unipê, da UFPB, da Escola de Saúde Pública da Paraíba e de gestores e diretores dos serviços de saúde do município.

Os residentes são profissionais que dão início a um projeto novo, um embrião, que nossa gestão, por meio das equipes da saúde, montaram em Cabedelo. Nossa expectativa é que esse empreendimento seja revestido de sucesso, que os novos médicos possam aproveitar bastante essa experiência, tanto do ponto de vista de aprendizado e evolução profissional, como na utilização do conhecimento em prol de nossa população tão carente, principalmente na área da saúde”, declarou o prefeito Vitor Hugo.

A aula inaugural do programa de Residência Médica foi proferida pelo professor Luciano Bezerra Gomes (UFPB), sobre o tema “A importância da residência médica de Medicina da Família e Comunidade no fortalecimento da APS no município”.

O projeto para a implantação da residência médica em Medicina da família e comunidade de Cabedelo foi elaborado em junho de 2020 e obteve parecer favorável ao credenciamento em novembro de 2020, tendo seguido todos os trâmites legais para a efetiva implantação no primeiro semestre de 2022. As aulas teóricas serão realizadas em parceria com a Universidade Federal da Paraíba e as práticas serão realizadas nos serviços de saúde do município.

“A implantação do Programa de Residência Médica é um marco na história de Cabedelo. É um desafio que enfrentamos, por meio do Coreme, para colocar o município no foco da pedagogia, do ensino, da capacitação e da profissionalização na área médica. Queríamos propor algo diferente para a cidade, que era a adoção de nossa própria residência médica e, hoje, comemoramos o ingresso da primeira turma de profissionais nesse programa. Estamos caminhando nesse processo e a população vai começar a sentir a diferença no atendimento”, comentou o secretário da saúde, Murilo Suassuna.

A residência médica é uma modalidade de pós-graduação destinada a médicos, sob a forma de cursos de especialização, caracterizada por treinamento em serviço sob orientação de profissionais de saúde. O objetivo dessa formação é garantir uma adequada capacitação, fortalecimento e qualificação da atenção básica com o intuito de melhor atender ao usuário.

“Uma das 3 áreas que mais admiro em termos de trabalho médico é a promoção à saúde. Penso que isso traz muita coisa naquilo que precisamos ver a quem nos procura com o sofrimento e nos leva a buscar soluções para melhorar a qualidade de vida. O CRM se sente feliz nessa oportunidade por estar participando desse verdadeiro processo de oxigenação, que é representado pelo investimento em educação e qualificação. O conselho estará sempre disposto e a postos para fazer o que for possível e o que estiver ao seu alcance para que o programa de residência médica de Cabedelo cada vez mais evolua e cumpra o seus objetivos”, afirmou o presidente do CRM/PB, João Modesto.

 

Compartilhar