Projeto Escola de Robótica de Cabedelo retoma atividades presenciais

As aulas vão acontecer de forma semanal com alunos divididos em polos nas escolas participantes 

O Projeto Escola de Robótica de Cabedelo retornou à modalidade presencial após o período remoto imposto pela pandemia de Covid-19.

As aulas e os treinamento de Robótica tiveram início no último dia 23 de maio, com atividades semanais até o final do ano letivo. Os alunos recebem todo suporte necessário durante os treinamentos e participações nas competições.

Desde 2019, a iniciativa, vinculada ao Setor de Tecnologia Educacional (STE), da Secretaria de Educação de Cabedelo (Seduc), atende, hoje, Escolas do Ensino Fundamente II (Anos Finais – 6º ao 9º ano) e conta com professores capacitados, corpo Pedagógico e Administrativo, além de um Consultor de Robótica para oferecer atendimentos aos alunos de 9 escolas.

“A Robótica tem se destacado na Gestão Municipal de forma marcante, pelo investimento nessa área e a importância pedagógica. O prefeito Vitor Hugo tem um carinho e atenção especial ao Projeto e sempre acompanha de perto todos os avanços e conquistas das nossas equipes. Enquanto educadora, entendo a excelência do Projeto da Escola de Robótica, trazendo avanços no aprendizado dos alunos e nos índices de Educação do Município, sua relevância social e crescimento positivo da autoestima dos nossos discentes. O incentivo ao projeto por parte da Secretaria de Educação é incansavelmente prazeroso, viabilizando ações e estratégias para elevar a Educação e o munícipio de Cabedelo à novos patamares”, destaca a secretária de Educação, Márcia Moreira.

Para o retorno das aulas presenciais, a Seduc dividiu as equipes de alunos das diversas escolas em Polos. Alunos dos Anos Finais receberão treinamentos e aulas de robótica em 4 escolas, com laboratórios especialmente preparados para a Robótica. Os Polos estão organizados nas seguintes Instituições: 1 – E. M. Maria José de Miranda Burity; 2 – E. M. Plácido de Almeida; 3 – E. M. Rosa Figueiredo De Lima; 4 – E. M. Vereador Pedro Américo.

“O sistema de Polo de treinamento irá permitir que alunos de diferentes equipes, não apenas treinem e aprendam Robótica, mas possam se desafiar e testar cada habilidade aprendida. Através da metodologia adotada, buscamos cada vez mais a elevação dos resultados nas competições de Robótica para o município de Cabedelo”, explicou o Consultor de Robótica, Luciano Pinto.

O Projeto atenderá a 72 alunos e irá formar até 24 equipes para participarem de diversas competições, que ocorrerão no segundo semestre deste ano. Os alunos participantes serão das escolas Elizabeth Ferreira da Silva; Major Adolfo Pereira Maia; Maria José de Miranda Burity; Maria Pessoa Cavalcanti;. Marizelda Lira da Silva; Paulino Siqueira; Plácido de Almeida; Rosa Figueiredo De Lima; ecVereador Pedro Américo.

Equipe Avançada – Além das escolas Polos, alunos veteranos do Projeto da Equipe Avançada da Escola de Robótica irão iniciar treinamentos para participarem de competições em Nível Nacional.  A equipe é composta por discentes que já participaram nos anos anteriores e se destacaram no Projeto.

A iniciativa conta com uma estrutura de multimídia, como notebooks, dezenas de kits de robótica, material didático e simuladores. As aulas e treinamentos serão ministrados no contra turno, em um dos Polos indicados, através de seleção realizada pela escola de origem.

“Os alunos que fazem parte do Projeto Escola de Robótica apresentam um aumento no rendimento escolar e ficam mais focados e disciplinados em sua integralidade, além de obterem habilidades que o ensino regular sozinho não é capaz de trazer. Adquirem aptidões em raciocínio lógico, matemático e estruturado, além de diversas ‘soft skill’, como pensamento estratégico, espírito de liderança e melhor capacidade emocional ao lidar com desafios”, diz Luciano Pinto.

 

 

Compartilhar