Projeto Robótica Educativa amplia atividades em 2020 e destaca ações inclusivas nas escolas municipais  

A Escola de Robótica de Cabedelo cresceu! Em 2020, a Secretaria de Educação de Cabedelo (Seduc), por meio do Setor de Tecnologia Educacional (STE), contará com 3 frentes de atendimento ao público estudantil para a vivência com a Robótica Educativa.

Este ano, o projeto vai trabalhar a Robótica Itinerante, a Robôkids e o RobÊJA. Além deles, o Robótica Inclusiva, que atende alunos com deficiência, será ampliado nas unidades de ensino.

O Robótica na Escola busca introduzir a robótica como instrumento de modernização do ensino e preparação dos alunos para o século XXI. Além de viabilizar e auxiliar a implementação da robótica no cotidiano do ensino, o projeto também capacita alunos para participarem de competições de robótica.

O projeto conta com o apoio do STE, que é composto por uma equipe multidisciplinar cuja finalidade é introduzir a prática e o uso de tecnologias digitais da informação e comunicação no cotidiano escolar. O setor tem como proposta a formação de professores e o incentivo à prática da robótica educativa como forma de estimular os alunos a novas aprendizagens.

“A Robótica é um instrumento de mudança de vida e incentivo para que os alunos possam não só desenvolver o gosto pela tecnologia, mas o prazer de estar na escola, por isso a importância de atender desde os primeiros anos até os jovens e adultos da EJA, tratando todos com equidade e igualdade, sem distinção”, destaca o consultor em Robótica Educacional, Luciano Pinto.

A Equipe do STE – Escola de Robótica conta com os professores Givaldo Santos, Helyebert Ferreira e Ednaldo Queiroz, além de 01 consultor, 02 pedagogas e 10 professores tutores nas escolas integrantes do projeto.

Robótica Itinerante – Participam 10 unidades de ensino com tutor de robótica: Adolfo Maia, Miranda Burity, Elizabeth Ferreira, Maria das Graças Rezende, Maria Pessoa Cavalcanti, Marizelda Lira, Paulino Siqueira, Pedro Américo, Plácido de Almeida e Rosa Figueiredo. O projeto vai contar com formação docente dos tutores ao longo do ano letivo e atividades em parceria com a UFPB – Campus I na área de Informática.

RobôKids – O Projeto Piloto contemplará 02 unidades (Centro Integrado Imaculada Conceição e Escola Municipal Professora Edlene, atendendo crianças de 06 anos até 10 anos de idade. O Robôkids busca iniciar os alunos do Ensino Fundamental I, do 1º ao 5º ano, no mundo da tecnologia, preparando e incentivando as crianças desde cedo a participarem em diversas competições de robótica.

RobôEJA – Serão atendidas 04 unidades de ensino: Miranda Burity, Paulino Siqueira, Pedro Américo e Plácido de Almeida, com projetos de Robotrônica (Robótica e Mecatrônica) para alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA), tendo como foco a valorização da experiência de vida desses educandos, e o incentivo a formação para o trabalho.

Robótica Inclusiva – Uma preocupação recorrente da atual gestão, os alunos com deficiência não poderiam ficar de fora da Robótica Educativa. O Projeto Robótica Inclusiva acolhe esses alunos para vivenciar e aprender sobre programação e montagem de robôs, e também para participarem das competições de robótica representando o município de Cabedelo.

Alunos com deficiência, atendidos ou não pela inclusão, poderão participar das oficinas e treinamos de robótica para competição na sede da Escola de Robótica, caso o projeto não esteja ainda presente na escola em que esteja matriculado.

O Robótica na Escola está presente nas seguintes unidades: Escolas Adolfo Maia, Maria das Graças Rezende, Maria Pessoa Cavalcanti, Marizelda Lira, Miranda Burity, Paulino Siqueira, Plácido de Almeida, Rosa Figueiredo, Vereador Pedro Américo e Elizabeth Ferreira.

Se seu filho está matriculado em alguma das escolas atendidas, procure a Secretaria da escola para garantir uma vaga no projeto!

Compartilhar