Respeito e orgulho marcam II Parada LGBTQIAP+ de Cabedelo

Cabedelo promoveu, neste sábado (10), a sua II Parada LGBTQIAP+ de Cabedelo.

A iniciativa celebra e fortalece a Lei Municipal nº 1.963/2019, importante instrumento de luta contra a Homofobia no município, e reafirma o compromisso da gestão municipal no desenvolvimento de políticas públicas que contribuem para o fortalecimento de ações que valorizam o público LGBTQIAP+, expressando a busca por direitos, respeito e inserção na sociedade de forma efetiva e igualitária.

A Parada aconteceu na Praça Getúlio Vargas e foi fruto de uma mobilização da Associação das Travestis e Transexuais da Paraíba (Astrapa) e da A Iguais (Associação LGBT+), em conjunto com as Secretarias de Cultura (Secult), Políticas Públicas para as Mulheres (SEPM) e Assistência Social (Semas).

“É fantástico, sensacional! Beleza, elegância, alegria…! A atual gestão é sinônimo de respeito com o próximo, seja para o público LGBTQIAP+, seja de raça, gênero, religião ou política. O respeito está acima de tudo! E a nossa sensação é de total felicidade por conseguir voltar a apoiar a realização desse evento. Dar visibilidade a essa causa é extremamente importante”, ressaltou a primeira-dama Daniella Ronconi.

Além dos shows musicais com a DJ Mermaid e com a cantora e compositora Mira Maya, uma das atrações mais aguardadas do evento foi a realização do irreverente Concurso “Rainha da Parada” que, após analisar figurino, maquiagem, simpatia e performance, elegeu ‘Miss Daph’ como vencedora.

“Estou muito realizada em ter meu esforço compensado. A sensação de dever cumprido, muito esforço, trabalho e dedicação para trazer algo à altura deste evento. Tive pouquíssimo tempo, mas consegui realizar um bom trabalho. Participei da primeira Parada em Cabedelo, estou como rainha da segunda, e na terceira estarei aqui novamente, se Deus quiser, não só para coroar a vencedora mas para prestigiar esse evento que eu espero que cresça cada vez mais”, afirmou a vencedora.

A 1ª edição da Parada LGBTQIAP+ de Cabedelo aconteceu em 2019, fruto do movimento da sociedade civil organizada e em celebração à criação do Dia Municipal contra a Homofobia – 31 de agosto, através da Lei 1.963. 

Representantes das instituições e associações de luta contra a homofobia destacaram a importância e o caráter do evento e ressaltaram as conquistas em seus discursos.

“Estamos voltando para as ruas, depois da pandemia, coloridos e enfeitando a cidade com o tom do amor. E estamos dando o recado de que não precisa ser LGBTQIAP+ para poder apoiar nossa causa. Ainda somos o país que mais mata pessoas trans no mundo, mas temos muitas conquistas no Brasil e aqui em Cabedelo, por exemplo, onde a Guarda Metropolitana busca formação específica para saber como nos tratar e como nos respeitar. Isso é extremamente importante”, destacou Dhell Felix da Iguais Associação LGBT+.

“É pelo direito de existirmos, de estarmos presente aqui e dizer ‘nós somos’.  A festa foi maravilhosa, estava linda, tinha que ser muito bem prestigiada… Há muito tempo não vejo uma parada tão completa, tão inclusiva. Isso diversificou o público e garantiu que todos tivessem acesso”, afirmou Fábio Nóbrega,  coordenador jurídico do evento e também representante da instituição da Iguais Associação LGBT+.  

Whatsapp Proteja – Desenvolvido pela instituição Iguais, o Proteja é uma linha via whatsapp específica para prestar orientação e atender casos de lgbtfóbicos com ligação direta com a delegacia especializada nesta área. o número do projeto é o (83) 99967-3347.

Compartilhar