SEMANA DO BEBÊ: Crianças atendidas pela rede municipal de ensino participam de Circuito de Habilidades Motoras

A Secretaria de Educação (Seduc), por meio da Comissão Intersetorial do Selo Unicef e da Coordenação de Educação Física, realizou, nesta segunda -feira (30), o VII Circuito de Habilidades Motoras da Semana do Bebê.

Com o título de “Brincando com o corpo, a gente aprende”, as atividades tiveram como objetivo chamar a atenção para importância da prática física desde a primeira infância e a influência dos exercícios no desenvolvimento motor das crianças.

Para as atividades foram montadas oito estações para a prática de brincadeiras cantadas, minhocão, bolas e cordas, orientadas por 23 profissionais de Educação Física da rede municipal. A Fortaleza de Santa Catarina recebeu cerca de 220 crianças de educação infantil para a realização de atividades lúdicas.

“Estamos finalizando as atividades da Semana do bebê com esse circuito lúdico-esportivo. Tentamos englobar em todos os dias atividades diferenciadas, como passeatas, teatro, palestras educativas acerca do cuidar, do amor, da construção de valores e finalizamos com a realização desse grande circuito. É uma oportunidade da garotada brincar, se divertir e, ao mesmo tempo, realizar atividades físicas e cuidar da saúde. Nossa educação é isso: carinho, amor, segurança”, declarou a secretária de Educação, Márcia Oliveira.

Participaram do circuito crianças das creches CIEI, Ádamo Klinger, Pequena Princesa, Santa Catarina, Alexia Luana e Pequeno Príncipe e, também, das escolas Adjuto Carlos de Morais, Borges de Sousa, Anexo do Imaculada, Edézio Rezende e Damásio Franca, que atendem à educação infantil.

“Denominamos essa atividade de circuito de atividades lúdicas para crianças de 3 a 5 anos. É uma proposta pensada desde o 1ª semana, há sete anos, e a ideia é juntar os professores de educação física, educadores e unir todas as unidades de educação infantil para fazer essas atividades diferenciadas que envolvem o movimento, a postura corporal e outros benefícios que a atividade pode trazer para os pequenos. É uma atividade que integra os setores em um intuito maior, que é promover o movimento das crianças e chamar a atenção para os cuidados que elas necessitam”, comentou a articuladora do Selo Unicef, Nadja Araújo.

Compartilhar