Serviço itinerante leva atendimento médico às creches municipais

Semanalmente, crianças que frequentam as creches municipais passarão a participar de mais uma atividade. Dessa vez, voltada à saúde. O projeto da Secretaria de Saúde de Cabedelo (Sescab) vem levando serviços de bem-estar, com pesagem, medição, avaliação e vacinação das crianças. A primeira ação aconteceu no Centro Integrado de Educação Infantil, em Campina da Vila, beneficiando cerca de 60 crianças.

Para realizar o atendimento são solicitados às mães que enviem à creche a certidão de nascimento e cartão do SUS no dia agendado para a visita.

“Vamos montar um consultório na creche com os equipamentos básicos para prestar um atendimento individualizado a cada criança, realizando um trabalho de prevenção e também suprindo às necessidades, pois muitas mães não dispõem de tempo para levá-las a um acompanhamento”, destacou a diretora do Anexo da Policlínica, Juliana Muniz de Souza.

A médica pediatra Terezinha Pedroza de Alvarenga, destacou o trabalho humanizado e a importância da atenção especial dada às crianças pela Sescab.

“Estamos fazendo essa avaliação inicial e depois, de acordo com a necessidade, vamos fazer um acompanhamento identificando as necessidades. Aqui pudemos verificar, a princípio, crianças com gripe, bronquite, verminoses, dermatoses e já fiz a solicitação de exames para detectar anemias e tratar déficit nutricional. Apesar da oferta de alimentação variada, muitas crianças não aceitam toda alimentação. Além disso, estamos identificando crianças com deficiência, física ou intelectual, para que elas tenham um apoio da equipe multidisciplinar aqui de Cabedelo e não precisem mais se deslocar para João Pessoa”, disse.

Para Josieli de Brito, que tem um filho matriculado na creche, a ação deixou todos satisfeitos, pois, através dela, as crianças terão um cuidado e acompanhamento mais dedicado.

“Estou achando muito importante a pediatra aqui na creche, porque sempre tem crianças doentes, com gripe, febre, problemas de pele, e as mães não levam no postinho, até por falta de tempo mesmo. E agora, além das consultas aqui, vai ter as medicações para as crianças e, com certeza, todas as mães vão ficar satisfeitas com esse cuidado”.

O CIEI conta com 100 alunos de 0 a 4 anos e será visitado pela equipe da Sescab uma vez por semana até que todas as crianças sejam atendidas. Além das consultas, o projeto prevê a distribuição dos medicamentos prescritos pela pediatra no dia seguinte à visita, e a atualização do cartão de vacina das crianças.

Secom Cabedelo

Compartilhar