Servidores da saúde participam de Seminário sobre segurança e saúde do trabalhador

A Prefeitura Municipal de Cabedelo, por meio da Secretaria de Saúde (Sescab), realizou, nesta segunda-feira (30), o Seminário Municipal de Saúde do Trabalhador. Em sua segunda edição, o encontro teve como objetivo discutir a variedades de aspectos que envolvem a saúde das pessoas em seu ambiente de trabalho.

O evento, organizado pela Vigilância em Saúde do Trabalhador, aconteceu no auditório Executivo da faculdade Iesp e foi destinado a profissionais da saúde e demais interessados na temática. Participaram gestores e trabalhadores da rede municipal, sobretudo da saúde, representações da Anvisa, da Agevisa, do Corpo de Bombeiros, Policia Rodoviária Federal, de Policlínicas, da UFPB e alunos do Iesp.

“Nesse nosso segundo seminário, estabelecemos parcerias para ampliar e variar o leque de temáticas relativas à saúde do trabalhador. Nosso objetivo é pôr em pauta a saúde e a segurança no trabalho e discutir as várias perspectivas dessa questão. São problemas que envolvem a massa de trabalhadores, seja qual for seu campo de atuação, que merecem visibilidade e atenção por parte de quem trabalha na saúde e em áreas afins”, comentou a diretora da Vigilância em Saúde do Trabalhador, Josania Firmo.

Além da evolução e do panorama geral da saúde do trabalhador na atualidade, o evento trouxe para os participantes um perfil dos acidentes e doenças que ocorrem entre quem trabalha na cidade e discussões acerca das doenças mentais e acidentes de trajeto.

A primeira parte do seminário foi pautada pelas palestras “Evolução da saúde do trabalhador e o panorama atual”, ministrada pela diretora geral do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), Celeida Soares; e “Perfil de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho no município de Cabedelo”, pelo diretor geral do Cerest-macrorregional/João Pessoa, Kleber José da Silva.

As discussões se seguiram com as palestras “A Síndrome de Burnout e a saúde mental do trabalhador”, proferida pelo professor da UFPB, Jamilton Alves Farias; “A saúde do trabalhador na Atenção Primária”, pelo médico do trabalho da Cerest/JP, Luiz Carlos Saraiva e “Os trabalhadores e os riscos de acidentes de trajeto”, pela  chefe do grupo de educação para o trânsito da PRF, Thayse Madeira Bastos.

Sobre a inclusão de saúde mental e acidentes no trajeto entre os temas discutidos, Josânia explicou serem ocorrências que mobilizaram a Vigilância em Cabedelo e destacou as parcerias no desenvolvimento do trabalho

“O município de Cabedelo, em algumas áreas além da saúde, tem apresentado vários casos de adoecimentos mentais, entre depressão, stress, ansiedade profunda e tentativas de suicídio. Também registramos caso de óbitos durante o trajeto e acidentes que resultaram em mortes como a morte de um operario na Ferreira Costa. Tudo isso tem sido visto e acompanhado pela Saúde do Trabalhador. Estamos ladeados e em parceria com o Estado e os Centros de Referência para que nosso trabalho seja fortalecido e possamos dar melhores respostas à população, tanto funcionários da Prefeitura como trabalhadores da empresa privada. Portanto, um seminário como esse serve, em primeiro plano, para aprofundar e discutir os temas pautados e fortalecer o trabalho de prevenção”, concluiu Josania.

Compartilhar